• Cecilia Teixeira

10 top atrações no passeio à Whistler

Whistler é um destino imperdível em todas as estações do ano. Embora a cidade seja muito conhecida como resort de esqui, não deve passar despercebido o fato que, durante as demais estações do ano é um dos melhores passeios da nossa região (chamamos de "passeio de dia inteiro"). Para os que estão em Vancouver por um tempo maior, como ocorre durante os cursos de intercâmbio (ESL), ou para aqueles que estão passando alguns dias "turistando" em Vancouver, o passeio a Whistler deve encabeçar a lista de "atrações imperdíveis".


Whistler fica a aproximadamente 120 km de distância de Vancouver, e para chegar lá percorremos uma das estradas mais cênicas de todo o Canadá: A "Sea to Sky Highway".


Confira abaixo os "top 10" deste passeio, para que sua experiência seja fantástica:



1. Shannon Falls

Ainda não é em Whistler, mas é no caminho! Parada obrigatória, a Shannon Falls além de linda, é a terceira mais alta cachoeira da Columbia Britânica, com 335 m de altura.


Foto: Cecilia Teixeira


2. Brandywine Falls

A visão mais comum que temos de cachoeiras é observar a água vindo de cima. Na Brandywine a plataforma de observação está numa altura superior à altura da queda d'água, possibilitando uma visão diferente e privilegiada. Em dias de sol, comuns no verão, é frequente observarmos um belo arco-íris formado pela refração dos raios de sol nas gotículas d'água.


Foto: Cecilia Teixeira


3. A Peak to Peak Gondola

Ligando as montanhas de Whistler e Blackcomb, a "Peak to Peak Gondola" consta do Guinness, o "Livro dos Recordes"!


Confira:

A distância entre as torres de suporte é a maior do mundo. São 3.024km!


A gôndola circula a uma altura de 436 metros do piso do vale (sendo o mais alto teleférico deste tipo no mundo).


Além de admirar a paisagem é preciso ficar atento porque dependendo da época do ano, é frequente avistarmos ursos!



Foto: Cecilia Teixeira


4. Ponte Suspensa

A ponte suspensa, chamada "Cloudraker Skybridge", tem 130 m de comprimento, ligando "Whistler Peak" (2.182 m de altitude) e "West Ridge Lookout", de onde temos uma visão panorâmica de toda a região. São 360 graus de pura beleza, natureza e boa energia.



Foto: Cecilia Teixeira


5. Zipline (Tirolesa)

Para os que gostam de aventura e adrenalina, uma experiência imperdível são as "tirolesas" (chamadas aqui de zipline). Há opções para todos os níveis, desde os percursos mais tranquilos para os que vão realizar a experiência pela primeira vez, até as mais radicais, onde as velocidades chegam a atingir acima de 100 km / hora.


Photo Credit: Ziptrek Ecotours



6. Caminhadas

Há várias pistas para caminhadas, bem sinalizadas, tanto na montanha como na base da vila, com calçadas planas, e de fácil locomoção, de onde é possível admirar os lagos, belas mansões e muitos jardins.


Foto: Cecilia Teixeira


7. Cultura

Whistler tem dois museus que devem fazer parte da programação daqueles que querem voltar para casa com uma bagagem cultural maior do que quando saíram para viajar.


No Squamish Lil'wat Cultural Centre irá aprender sobre os povos que habitavam a região antes da chegada dos europeus. Além da belíssima coleção de arte nativa, há atividades onde o visitante pode interagir, criando inclusive um bracelete, orientado por uma nativa. Há ainda um café, uma galeria com objetos de arte à venda, e uma lojinha com criativos souvenirs.


No Audain Art Museum, projeto de arquitetura contemporânea de Patkau Architects, irá conhecer a coleção permanente, com mais de duzentas obras de arte que são uma viagem visual pela história do Canadá, do final do século XVIII até o presente.



Foto Credit: Cecilia Teixeira


8. Shopping

Muitas lojas, das melhores marcas, estão em Whistler. É possível encontrar Salomon, Lululemon, entre muitas outras


Foto Credit: Tourism Whistler/Mike Crane


9. Biking


É possível alugar bicicletas e pedalar por trilhas asfaltadas que contornam belíssimos campos de golfe.


Foto: Cecilia Teixeira


10. Gastronomia, vinhos e/ou cervejas artesanais


Há excelentes opções gastronómicas na cidade, para atender aos mais exigentes paladares. As refeições podem ser acompanhadas por vinhos da nossa província, ou por cervejas artesanais, produzidas na região, estas últimas admiradas por sua qualidade, pois são produzidas com água puríssima.


Foto: Cecilia Teixeira


Quanto tempo é necessário para esse passeio? Recomendamos começar o dia às 9 horas da manhã, com retorno ao hotel em torno das 18 horas.


Nossos passeios são privados, então, o tempo de passeio pode ser ajustado para mais ou para menos, de acordo com os interesses de cada um.


Planejando esse passeio? Salve o post para não perder e assine nossa lista para receber novas indicações de passeios e curiosidades sobre Vancouver em sua caixa de mensagens!





Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Instagram Social Icon