Vancouver de bicicleta


Stanley Park by bike

A primavera está quase chegando no hemisfério norte, embora esse ano ela esteja bastante atrasada. Nem parece que o inverno vai acabar em menos de uma semana!

Está na hora de tirar a poeira dos capacetes, encher os pneus e começar a planejar os passeios de bicicleta.

Vancouver é uma cidade ideal para pedalar. São várias ciclovias totalmente separadas dos carros e dos pedestres, aumentando a segurança de todos.

A Seawall tem 28 km de extensão, e conta com vários serviços ao longo do caminho, mas o “must” é a parte da Seawall ao longo Stanley Park (aproximadamente 8km de extensão.

Note que a pista de ciclistas é de “mão única” e só pode ser trafegada em sentido anti-horário.

Ao longo do passeio pelo Stanley Park, você terá ótimas oportunidades para fotografias, sendo que a atração mais importante é a praça dos Totens.

Se vocês quiserem saber melhor o significado dos Totens e porque eles estão no Stanley Park e em vários pontos da província e do país, poderei contar a história aqui, num post futuro, ou pessoalmente, caso você nos contrate para algum passeio à pé, de carro, ou de bicicleta.

Totem Poles at Stanley Park

Atrações que recomendo no passeio de bicicleta ao longo dos 8.2km do Stanley Park:

  1. Ver os hidroaviões partindo e chegando (a partida é mais emocionante)

  2. Barcos e navios de carga e de passageiros (estes últimos de maio a outubro) que trafegam ao longo do Burrard Inlet

  3. Vista da linda arquitetura dos arranha-céus da cidade e vista do Centro de Convenções com seu “telhado” totalmente gramado

  4. Se tiver crianças, recomendo que pare por alguns minutos no “Parque das Águas” (um parque com água espirrando em todas as direções e onde as crianças têm momentos super divertidos)

  5. Não deixe de ver a escultura “Moça em Traje de Banho” e repare como a movimentação das marés aqui é acentuada (a água é para estar beirando o bumbum da escultura, como se a moça estivesse flutuando, mas em momentos de maré baixa você vai notar a diferença...)

  6. Não deixe também de admirar a “Lost Lagoon” (traduz como "Lagoa Perdida” )

  7. O “Beaver Lake” ("Lago do Castor”) tem patos lindos e é sempre um prazer vê-los em atividade

  8. Não perca a oportunidade de ver e fotografar as árvores centenárias e também a famosa “Hollow Tree” (“árvore oca”)

  9. Não deixe de parar alguns minutos no “Prospect Point” para desfrutar de uma vista fantástica da "Lions Gate” (traduz como “Ponte dos Leões”) e da região de West Vancouver, onde as casas chegam a custar 20 milhões de dólares

  10. O Aquário de Vancouver também fica localizado no Stanley Park e é uma atracão para todas as idades.

  11. O passeio pelo Stanley Park termina na Baía Inglesa, na praça com as esculturas que estão dando uma “Amazing Laughter” (traduz como “risadas incríveis”).

Há vários outros passeios super legais, mas se você está começando a conhecer Vancouver, ou está planejando visitar, eu recomendo que faça esse passeio primeiro, pois é onde você terá a oportunidade de admirar / visitar um grande número de atrações.

Onde alugar bicicleta em Vancouver? Que tipo de bicicleta devo alugar?

Devo alugar uma bicicleta “compartilhada”, ou devo alugar numa loja de aluguel de bicicletas por determinado número de horas ou até mesmo pelo dia todo?

Essa decisão vai depender da sua necessidade.

As “Mobi” são muito práticas e estão em toda parte. Você vai ver um monte delas pela cidade, sempre novinhas (foram inauguradas no meio / final do ano passado) e na cor azul.

Estação de aluguel be bicicleta “Mobi"

O que é a Mobi? Mobi é uma bicicleta para ser “compartilhada”. Você pega num lugar e devolve em outro. É uma forma muito conveniente (e barata) para quem deseja se deslocar pela cidade.

Vantagem: O sistema funciona a qualquer hora do dia e da noite durante, todos os dias do ano, incluindo feriados.

Para alugar uma Mobi você precisa ter mais de 19 anos e precisa comprar um passe. O passe para um dia custa CAD 7.50 (+ tax) e fica ativo por 24 horas a partir do pagamento.

A grande vantagem deste sistema, é que custa pouco mas.... apenas se a cada vez que você pegar a bicicleta você ficar com ela por no máximo meia hora. Se você for usar a bicicleta por um tempo prolongado , como por exemplo o passeio pelo Stanley Park e parando em várias atrações, você vai “estourar” os 30 minutos e aí existe uma tabela onde será cobrado:

31-60 minutos: você pagará mais CAD 5.00 (+ tax)

depois de 60 minutos você irá pagar CAD 5.00 por cada 30 minutos adicionais.

Desvantagem da Mobi: Pelo exposto acima, se você ficar várias horas com a bicicleta você vai gastar mais do que alugando sua bicicleta numa loja convencional.

Caso você decida pela Mobi, funciona assim:

Você vai em www.mobibikes.ca, ou faz o download do aplicativo “Mobi by Shawn Go”.

Escolha “day pass” (= passe por um dia) e preencha os dados requeridos. Assim que for processado o seu pedido, você recebe um código com 7 dígitos que é o seu código de usuário e um outro código com 4 dígitos que é o código que você vai digitar na bicicleta para que ela seja “destravada” do bicicletário.

Note que se o seu telefone não estiver configurado para funcionar aqui no Canadá, você não vai conseguir acessar a internet e receber email com os códigos. Terá que procurar um local com wi-fi para acessar a internet.

Nota: Toda bicicleta já vem com uma cestinha (muito prática) e com um capacete (USE, porque o uso de capacete é obrigatório). Você pode alugar até 4 bicicletas com a sua conta. Isso facilita familiares ou amigos viajando em grupo.

Assim que a bicicleta for “destravada” do bicicletário, coloque o capacete e empurre o cabo para que ele tranque no guidon da bicicleta.

Você poderá devolver a bicicleta em qualquer outra “estação" Mobi. Você vai ver muitas “estações” aqui em Vancouver com as bicicletas azuis, tem uma quase a cada dois blocos, o que facilita muito na hora de apanhar / devolver.

Quando chegar ao seu destino, coloque a bicicleta de volta no bicicletário e aí o “reloginho” que marca o seu tempo de uso vai parar.

Atenção: Não esqueça que se você não devolver em 30 minutos é como se fosse um relógio de taxi e você vai ficar pagando, pagando, pagando e a conta poderá ficar alta e vai sair no seu cartão de crédito!

Lojas Convencionais de Bicicleta:

Há dezenas de lojas que alugam bicicletas pela cidade. As com menor preço são as bicicletas “comuns" (sem marcha). Você vai encontrar enorme oferta de bicicletas com marcha; mountain bikes; carrinhos para puxar crianças; cadeirinha para transportar crianças na frente; ”tandem bikes” (tipo de bicicleta em que duas pessoas pedalam ao mesmo tempo); bicicletas elétricas e triciclos (uma espécie de "velocípede gigante", com três rodas, ideal para os adultos que não sabem andar em bicicletas “convencionais" ).

Dicas:

Capacetes são mandatários para quem anda de bicicleta. As lojas de aluguel fornecem.

Trancas: Fundamental. Quanto mais forte a tranca melhor. Não confie em cabos de aço fininhos. Conselho: Em qualquer lugar que você estacionar a sua bicicleta, coloque sempre a tranca! Não deixe sem tranca nem por 1 minuto. Aqui ninguém vai “roubar” a bicicleta, no sentido de mostrar uma arma, ou uma faca ou simplesmente empurrar você para levar sua bike. Mas.... se você der bobeira e largar a bicicleta enquanto vai na Praça dos Totens tirar uma foto ou ir “rapidinho” no banheiro... quando voltar a sua bicicleta já terá “desaparecido”.

Ultrapassagem: Quando for ultrapassar, fale alto “on your left”. Assim fica mais fácil evitar “trombadas”. E depois que passar fale alto “thank you”.

Buzina: Só em “ caso de morte” :D Evite a “buzina” (aquele sininho irritante) da bicicleta. Aqui ninguém usa. A menos que tenha algum pedestre completamente distraído andando na pista de bicicletas, aí você dá uma “buzinada” para a pessoa “acordar", mas em geral, a buzina aqui é como usamos (= não usamos) nos carros: serve apenas para “enfeitar” ou para uma emergência muito grande. Ninguém buzina!

Sim, os ouvidos agradecem e você vai notar como Vancouver é uma “cidade silenciosa”, especialmente quando comparamos com as cidades brasileiras, italianas, portuguesas, indianas, etc

Se você está planejando vir para Vancouver para passear, estudar, trabalhar entre em contato conosco porque dispomos das melhores opções para mostrar a cidade para você! Fazemos passeios em carros “zero km” com bancos de couro, DVD, teto solar, 8 lugares, e totalmente autorizado pelo governo para realizar passeios e excursões.

Podemos buscar você e sua família no aeroporto e no caminho para o hotel, Air B&B ou homestay a gente já cria um passeio e já vamos mostrar um pouco da cidade para você. Ou seja... quando você chegar no hotel ou no local onde irá ficar hospedado, você já terá feito um tour pela cidade. Que tal?

Dê um “like” na nossa página no Facebook para ficar por dentro das novidades: fb.me/VancouverByLocals

Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Instagram Social Icon

FALE CONOSCO:

 
INFO@VANCOUVERBYLOCALS.COM
PHONE: +1 (604) 726 6250
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • Flickr Social Icon