Vancouver Top 20

Muitas pessoas que vêm à Vancouver fazem contato conosco perguntando “o que eu não posso deixar de ver quando for a Vancouver?”.

Para esclarecer essa e outras questões, aqui vai nossa lista dos “Top 20”: As vinte atrações que você não pode perder quando visitar Vancouver.

Algumas atrações estão localizadas em Norte Vancouver e Oeste Vancouver, mas por serem próximas aqui da área central da cidade, foram incluídas, pois assim você fica com o “listão completo” de tudo que deve ser visitado.

1. Stanley Park: Localizado na área central de Vancouver, é um parque municipal com 1001 acres (ou seja, 10% maior que o Central Park em Nova York). Principais atrações para serem vistas no parque:

  • Praça dos Totens

  • Caminhar ou andar de patins ou de bicicleta na Seawall (a pista beirando a água que acompanha todo o parque)

  • Lighthouse (esse farol tem vista linda da parte norte)

  • Siwash Rock

  • Passar por baixo da Lions Gate Bridge

  • Prospect Point (visual incrível de West Vancouver e da ponte Lions Gate)

  • Hollow Tree

  • Lost Lagoon

  • Beaver Lake

  • Roseiral

2. Baía Inglesa (English Bay) - Aqui são realizadas as competições de fogos de artifício na última semana de julho / primeira semana de agosto. Também é aqui que é realizado o “Polar Bear Swim” (ou “nado do pinguim”) porque as pessoas mergulham na água gelada no primeiro dia do ano (inverno aqui).

O que ver na Baía Inglesa - As atrações descritas acima (se você estiver aqui nas datas em que são realizadas) e ainda:

  • Por do sol (maravilhoso). Sente-se na areia e encoste num dos troncos, que já são posicionados para que você tenha o melhor visual possível

  • A-maze-ing Laugher - São 14 esculturas de um homem sem camisa rindo até não poder mais, em diferentes poses. São em bronze patinado, têm 2.59m de altura e cada uma pesa 250kg. Criação do artista chinês Yue Minjun.

  • Inuksuk - Figura feita por pedras empilhadas. Foi o símbolo dos nossos Jogos Olímpicos de Inverno em 2010.

3. Granville Island - Chamada ilha é na realidade uma península. Lugar muito animado, especialmente nos finais de semana ensolarados. O que ver na Granville Island:

  • Mercado público: Frutas, verduras, carnes e peixes produzidos na região. Um ótimo local para comprar o Maple Sirup original, salmão defumado, comer poutine, comer chocolate regional.

  • Granville Island Brewery: Cervejaria artesanal. Há tours diários, onde poderá aprender mais sobre a fabricação / produção de cerveja e testar vários sabores.

  • Os Gigantes: Admirar, fotografar e sentir orgulho de ser brasileiro. Obra dos artistas brasileiros “Os Gêmeos”.

  • Fábrica de Vassouras: Parece estória de bruxas mas você ficará encantado com os diferentes modelos e tamanhos de vassouras artesanais que são fabricados aqui (quase sempre há uma pessoa fabricando a peça enquanto os turistas assistem)

  • Fábrica de Vidros: Vai aprender sobre o processo de fabricação de vidros e vai ver os vidros sendo criados.

  • Lobster Man: Aquários com lagostas vivas, caranguejos gigantes, mexilhões, vieiras... Estão à venda e caso você disponha de um apartamento tipo “Airbnb” pode fazer suas compras e cozinhar em casa. Senão... basta admirar e imaginar o gostinho da lagosta grelhada...

  • Loja de Brinquedos (chamada “Kids Market”): Mega loja de brinquedos, bem em frente à fábrica de cervejas.

4. Chinatown - Uma das maiores “Chinatown” da América do Norte, a Chinatown de Vancouver data do final de 1800. Você certamente vai gostar de ver cores vibrantes, produtos exóticos à venda, souvenirs interessantes com preços acessíveis e excelentes opções culinárias. As principais atrações de Chinatown, além das já descritas são:

  • Dr. Sun Yet-Sen Chinese Gardens - Primeiro jardim clássico chinês fora da China.

  • Millennium Gate

  • Sam Kee Buiding - O prédio comercial mais estreito do mundo, tem menos de 2 metros de largura.

5. Gastown - O bairro que deu origem à Vancouver. Há muitas história interessante para ser contada sobre essa região, se quiser saber mais, reserve um tour conosco. Um dos lugares mais charmosos da cidade, tem um ar europeu. Gastown é dotada de excelentes restaurantes, lojas de moda e decoração e também galerias de arte.

Não perca em Gastown:

  • A estátua de Gassy Jack (que deu nome ao bairro)

  • Maple Tree Square

  • Relógio a Vapor

6. Downtown - O “coração” da cidade e onde poderá caminhar à pé com toda segurança à qualquer hora do dia ou da noite

O que você não pode deixar de ver em “downtown” (se tiver tempo visite o interior das atrações descritas, se estiver com um cronograma de tempo “apertado”, curta apenas a fachada).​

  • Canada Place - De maio a outubro verá também os navios de passageiros ancorados ao longo. Na alta temporada chegamos a receber 4 navios por dia!

  • Fly Over Canada - Um simulator, com sensação de 4 dimensões leva você para uma viagem pelo Canadá, “voando” da costa Leste à costa Oeste.

  • Vancouver Convention Center - Se estiver inscrito para algum congresso internacional, terá oportunidade de desfrutar da excelente infra-estrutura dedicada aos congressistas. Há ainda diversas exposições ao longo do ano, como shows de decoração, festival internacional de vinhos, feira internacional de carros de luxo, etc. Se está vindo a Vancouver participar de um Congresso vai se encantar com o nosso Centro de Convenções que conta com vários prêmios mundiais de arquitetura e sustentabilidade.

  • Marine Building - Uma obra prima do estilo Déco

  • Vancouver Art Gallery - Antiga Corte de Justiça, hoje Galeria de Arte com obras de renomados artistas nacionais e internacionais. A galeria já abrigou exposições individuas de artistas como Monet, Picasso e Leonardo da Vinci e tem importante coleção de artistas Canadenses como Emily Carr.

  • Hotel Shangri-la (62 andares, 201 metros) e Trump Tower (63 andares, 187.8metros) - São “vizinhos”, ficam praticamente “frente a frente” na West Georgia Street e são os prédios mais altos da cidade.

  • BC Place - Estádio de futebol, grandes exibições e shows. Tem cobertura retrátil. É a “casa” do BC Lions (Canadian Football League) e do Vancouver Whitecaps (Major League Soccer, o futebol que é jogado no Brasil). É também o local onde são realizados os “mega shows” (já tivemos U2, Coldplay, etc)

  • Rogers Arena - É a “casa” to time de hockey local “Canucks”. Quando programar sua viagem à Vancouver vale à pena verificar se há algum jogo programado para as datas em que estiver aqui. Além dos jogos de hockey o estádio é usado para shows (já recebemos Lady Gaga, Elton John e outros excelentes artistas).

  • Vancouver Public Library - A biblioteca pública da cidade, em formato de Coliseu. Durante o ano de 2018 está recebendo importante renovação na cobertura / telhado.

  • Waterfront Station - Estação terminal das linhas de skytrain e também funciona como estacão do seabus, o barco que faz a ligação entre Vancouver e Norte Vancouver. Há ainda um heliporto de onde saem voos panorâmicos sobre Vancouver e com destino à cidades próximas como Whistler e Victoria. Aproveite para admirar a arquitetura em estilo neoclássico da Estacão e os grandes painéis pintados próximo ao teto, com cenas das montanhas rochosas canadenses.

  • Christ Church Cathedral - Catedral anglicana com vitrais maravilhosos

  • Granville Street, a rua mais animada da cidade depois que escurece. Admire a iluminação onde predominam os neons e também a arquitetura em estilo Déco.

7. Queen Elizabeth Park - O local mais alto da cidade, com paisagismo deslumbrante e entrada grátis. Na primavera o espetáculo das cerejeiras em flor atrai turistas de todos os cantos do mundo. No outono o parque tem cores indescritíveis. A vista de Vancouver e das montanhas ao norte é também de tirar o fôlego. Para quem tem um orçamento folgado, o restaurante dentro do parque (“Seasons in the Park”) é uma oportunidade à mais para degustar pratos da costa do pacífico enquanto admira a vista.

8. Capilano Suspension Bridge - Floresta tropical, cachoeiras e uma ponte suspensa (balança mas não cai) com 137 metros de extensão e 70 metros de altura sobre o Rio Capilano. Enquanto estiver na atração não perca a “Tree Top Adventure” (uma caminhada por passarelas suspensas, onde você fica no alto das árvores admirando a vista lá de cima) e também a “Cliffwalk Adventure” (uma passarela suspensa, fixada junto às pedras e com piso de vidro em vários trechos). Adrenalina pura!

9. Grouse Mountain - Montanha aberta o ano inteiro onde no verão você poderá ver dois ursos “grizzlie” e shows ao ar livre; e no inverno poderá esquiar, andar com raquetes especiais para caminhar na neve ou simplesmente sentar no restaurante e admirar a vista e as pessoas praticando esportes.

10. Museu de Antropologia - Este museu é parte da UBC (University of British Columbia) e tem uma das mais importantes coleções mundiais da arte dos “First Nations” (como são chamados os povos aborígenes aqui no Canadá). Além de ter uma arquitetura contemporânea lindíssima, tem vasta coleção de totems, canoas, máscaras de cerimônias, artigos de vestuário etc.

O museu tem também galerias com importantes coleções de porcelana européia. Pode combinar essa visita com um passeio à pé pela área central do Campus da Universidade e uma visita ao Beaty Biodiversity Museum (com o esqueleto de uma baleia gigante!)

11. VanDusen Botanical Garden - Para quem não tem tempo de ir à Ilha de Vancouver visitar o “Butchart Gardens”, o “VanDusen Botanical Gardens” oferece uma experiência fantástica. Muitas pessoas preferem inclusive o VanDusen porque acham que é mais “natural”. Uma questão de gosto, mas sem dúvida é uma atração que deve constar na lista de qualquer pessoa que admire a natureza, especialmente as flores. Durante o mês de dezembro, há ainda um “plus” pois os jardins recebem milhares de luzinhas coloridas e músicas natalinas.

12. Kitsilano - Foi aqui que nasceu o “Greenpeace”. Um bairro super charmoso, com excelentes parques, praias maravilhosas, uma piscina pública fantástica e os melhores barzinhos, restaurantes aconchegantes e sorveterias da cidade.

13. Vancouver Lookout - Em dias sem chuva e sem névoa não deixe de admirar Vancouver vista de cima e também a vista para o Mount Baker, a montanha localizada nos Estados Unidos mas suficientemente próxima da fronteira para ser admirada daqui. Há também um restaurante giratório no topo.

14. Yaletown - Melhor lugar da cidade para jantar um pouco mais tarde (embora aqui jante-se sempre muito cedo.... rsrsrs e o “um pouco mais tarde” significa algo como 20h30.... rsrsrs :)

É uma área “trendy”, com boutiques interessantes, salões de cabeleireiros premiados, muitos bares com bela decoração e muitos profissionais jovens aproveitando a noite e especialmente os “happy hour” (horário logo após o trabalho em que alguns bares oferecem preços com descontos para bebidas e aperitivos).

15. Aquário de Vancouver - Uma atração para todas as idades, pode ser combinado com o passeio ao Stanley Park, pois fica localizado dentro do parque.

16. Science World - Oportunidade de se divertir enquanto aprende! Se estiver viajando com crianças com 3 anos de idade ou mais, essa atração deve estar no topo da sua lista.

17. Lynn Canyon Suspension Bridge - Outra ponte suspensa, localizada num parque maravilhoso. Entrada franca.

18. Lighthouse Park - O “Parque do Farol” fica localizado em West Vancouver. Tem várias trilhas (algumas bem fáceis, onde é possível inclusive empurrar um carrinho de bebê) e outras mais difíceis. Tem vistas lindas e rende fotos muito boas.

19. Olympic Village - Veja onde os atletas que participaram da Olimpíada de Inverno ficaram hospedados. A Olympic Village, além, de ter vistas fantásticas para o False Creek, downtown, BC Place e Science World tem excelentes cervejarias e é um local sempre muito animado.

20. Lonsdale Quay - Você pode visitar essa região de Norte Vancouver fazendo um "mini cruzeiro" que custa muito pouco: Pegue o “seabus” na Waterfront Station e em 12 minutos estará em Lonsdale. Vai desfrutar de vista maravilhosa, tanto de Norte Vancouver como da área central de Vancouver durante sua viagem de regresso.

Em Lonsdale aproveite para visitar a nova Polygon Gallery - Galeria de arte focada em fotografia e novas mídias

Agora que você já conhece os principais pontos turísticos de Vancouver está na hora de compartilhar o post com seus amigos e agendar seu passeio com nossa equipe de guias em português. Obrigada!

Featured Posts